logo_Gileade.png

Homens e Mulheres

As novas configurações familiares, os diversificados vínculos de afeto entre adultos e a condição de não casado estão entre os mais notáveis fenômenos da sociedade contemporânea.
Esta realidade está presente também na comunidade cristã, que deve adequar sua organização interna e suas atividades ministeriais dando atenção e oferecendo às pessoas que se compreendem como parte desse grupo, cuidado pastoral, ambiente de comunhão e oportunidade de integração comunitária e engajamento na missão.

 

Melhor Idade

Uma nova fase começa onde o mundo não e mais o mesmo e entendo que a vida ainda não acabou esperamos gozar dos nossos frutos com o descanso merecido e louvando a Deus apesar da idade, como é importante esta fase Deus nos deixa uma lição incrível para com cada um da melhor idade o amar e cuidar e principalmente viver o melhor que a vida ainda pode dar. 

 

Jovens

A Bíblia Sagrada conta histórias de jovens que tiveram uma experiência com Deus, encontraram sentido para suas vidas e fizeram diferença no mundo.
O jovem tem diante de si a responsabilidade de escolhas e decisões que afetarão todo o seu futuro, como por exemplo: quem é o meu Deus? Quais os princípios éticos e morais que definirão meus posicionamentos na vida? Com quem vou me casar, e ou que estrutura familiar pretendo desenvolver? Qual é a minha vocação? Qual será minha carreira profissional? Como vou contribuir para o bem comum, e a construção de uma sociedade de justiça e paz?

 

Adolescentes

Jesus também foi um adolescente. Como a maioria dos meninos de sua época, aos 12 anos já havia decorado o Torah. Aos poucos vai desenvolvendo sua autonomia e discernindo e afirmando sua própria identidade de filho de Deus. Em sua adolescência discute com os mestres da Lei, ressignifica o relacionamento com os pais, e vai crescendo “em graça e sabedoria diante de Deus e dos homens”.
A adolescência é um período de avaliações, rupturas, descobertas e abertura para novos horizontes e ambientes de relacionamentos. É o tempo quando a validade dos fundamentos éticos, morais e espirituais é questionada numa busca sincera por valores que façam sentido.

 

Crianças

Jesus acolheu as crianças: “deixem vir a mim os pequeninos”, e as apresentou como modelo para a experiência espiritual: “aquele que não se fizer como uma criança não entrará no Reino dos Céus”. Jesus se identificou com elas: “quem recebe uma criança, a mim me recebe”, e recebeu a sua adoração: “da boca das crianças Deus suscita o perfeito louvor”. As crianças são uma das prioridades no Reino de Deus